de deus ou o diabo

Então Maria de Deus tinha marido e cinco filhos, Alfredo e outros dois meninos e duas men ...

Autobiografia não autorizada de Maria Quem

Minha mãe, que chamava Edilene e era puta, chegou na Passarinha aos quinze. Olho roxo, tr ...

Carta para Helena

  Senhora Helena. Antes de qualquer coisa, peço desculpas pela demora em respondê- ...

O maior jogo de vôlei de todos os milênios

(texto publicado na minha coluna Farinhada, no jornal O Dia, em março/2006 – de vol ...

Das histórias

Toda família tem histórias, e são essas histórias, reais ou inventadas ou imaginárias ...

Autobiografia não autorizada de Maria Quem

(Tiro 1) Meu nome é Maria. Maria Antônia Almeida de Bragança Fernandes Oliveira Melo Da ...

x=y

  O coração de Rita Hayowrth anda um tanto acelerado: uma extrassístole levemente ...

Uma nova grande narrativa?

Talvez o que tenhamos deixado passar despercebido quando Lyotard nos disse que havia chega ...

Da memória #2

Ele deu tchau, e saiu. Pela janela, o vi atravessando a avenida. Chegou à parada de ônib ...

Da memória #1

Todos os dias, por volta das cinco da tarde, ela estacionava seus setenta e poucos anos al ...

Levantando a poeira do tempo

Uma das frases de que mais gostei a respeito das manifestações no Brasil foi: “estamos ...

[rezistență]

Tenho utilizado nos últimos dias todo meu repertório e conhecimento matemático, ou seja ...

II (carta #154 para Beatriz)

Beatriz, meu pai está morto. Foi no último fim de semana. Morto no sábado, sepultado no ...

Dissonance

A mãe de Rita Hayworth disse um dia que ela podia morar em qualquer lugar do mundo, men ...

Emmanuel

(ou o 6) Com certa frequência o barulho do mundo incomoda Rita Hayworth. Nessas horas e ...

Das distâncias mínimas abissais

Outro dia alguém disse que o inimigo que nunca derrotaremos e que nos levará ao encontro ...