O vazio interrogativo

Afastados da casa onde morria uma tia, um menino e seus primos esperavam a chegada solene ...

Escrita Diária – Dez dicas para curtir e manter o hábito de escrever

“Se lhe ocorrer um argumento brilhante, uma réplica vitoriosa que mude o rumo da co ...

Agosto/2017 – Aconchego

Pessoas queridas, aí vai o calendário de agosto! Demorou a sair porque eu estava sem tem ...

Saber esperar

Semaninha difícil,  em que precisei de elevadas doses de paciência e compaixão. Sa ...

Minhas memórias do NuAP – Núcleo de Antropologia da Política

Pessoas queridas, essa semana participei de um evento em comemoração aos 20 anos do NuAP ...

Julho/2017 e as fascinantes histórias da etnobotânica

“Plantas e civilização: as fascinantes histórias da etnobotânica” foi o me ...

Sete coisas invisíveis na vida de uma professora

Esse post não é uma obra de ficção: todos os fatos relatados abaixo aconteceram (e aco ...

Mini paleta de aquarela

Alguns pesquisadores acreditam que a aquarela existe desde 800 a.c., quando os egípcios c ...

Sketchnoting – Desenhando e anotando

“A melhor maneira de aprender é se divertindo”, diz a artista alemã Eva-Lott ...

Junho/2017!

Pessoas queridas, junho chegou, viva! O calendário demorou um pouquinho porque fiquei sem ...

Modelo viva

Um momento especial da viagem a Lisboa, em janeiro, foi participar da sessão de modelo-vi ...

Memória visual, espaços e cotidiano – Ideia para aula lúdica (4)

Ser professora, para mim, é viver numa eterna dúvida: será que tenho conseguido afetar ...

Os bastidores do blog

  “Não compare os bastidores da sua vida com a fachada da vida dos outros.” ...

Na volta de Lisboa

Tenho um problema sério com viagens. Sabe criança de 7 anos na hora do banho? Fico igual ...

5 razões para dizer sim e Maio/2017

Certa vez, minha amiga Claudia contou que sua neta mais velha era o oposto dela: adorava c ...

Mensagem fotográfica – Ideia para aula lúdica (3)

Post útil, pra variar, pessoal! Quem não está cansado de ministrar (ou assistir) aulas ...

Ulisses (2009-2017), despedida

“Esta é a história dum gato com sete vidas — cada vida com sua graça, sua d ...

Abril/2017!

Aí vai o calendário de abril/2017, com três dias de atraso, para vocês não acharem qu ...

Felicidades possíveis

“You can’t do sketches enough. Sketch everything and keep your curiosity fresh ...

Março/2017!

Um pouquinho de cor e flor pra vocês! Aí vai o calendário de março de 2017, com um dia ...

Fevereiro/2017!

Queridos leitores, aí vai fevereiro/2017! Para imprimir, aqui está o .pdf ou cliquem na ...

Fugas literárias e Lisboa 2017!

Minhas fugas têm sido ler e pintar miniaturas. Ganhei “Stoner” da minha irm ...

Janeiro/2017!

Queridos, fico feliz de vir aqui no último dia do ano desejar um “Bom 2017” ...

Chá-de-tempo, chá-com-o-Tempo

Alice suspirou, entediada. “Acho que vocês poderiam fazer alguma coisa melhor com o ...

Três anos e sete coisas impossíveis

O blog fez três anos no dia 6 de novembro. Sempre que chego nessa época de aniversári ...

Dezembro/2016!

Pessoal, aí vai o calendário de dezembro/2016, no último minuto! Podem clicar na imagem ...

Dez dicas sobre criatividade

“Qualquer pessoa pode criar”, diz Kevin Ashton, mas não existem atalhos ou f ...

Novembro/2016

Leitores queridos, aí vai o calendário de novembro/2016, a tempo de imprimir antes do m ...

A vida simbólica dos objetos – ideia para aula lúdica (2)

Hoje compartilho um outro plano de aula lúdica com vocês, inspirada pelo retorno tão po ...

Vida em família

Volta e meia me vejo como uma mãe-abaixo-de-zero no termômetro de felicidade das redes ...

A antropologia pelo desenho

Na vida acadêmica, são muitos os dias em que parecemos fazer nada. Estamos a pensar, a ...